Entenda o que é glúten e faça uma dieta com receitas sem glúten

Você precisa de um passo a passo sobre o que comer, fazendo uma Dieta sem Glúten?!!? Continua essa leitura que vamos abordar os principais assuntos relacionados a Viver sem Glúten.

Afinal, o que é glúten? O que é, Conceito e Definição

 

 

Você ainda não sabe o que é Glúten? Ele é uma proteína encontrada no trigo, centeio, cevada, aveia, malte e derivados. É o que proporciona a elasticidade das massas. Ou seja, que faz o pão e outros tipos de massa crescerem.
É um tipo de proteína que também é chamado de prolamina e glutelina. E elas aparecem combinadas com o amido no alimento. A gliadina e a glutenina (que são a prolamina e a glutelina do trigo) representam a grande maioria das proteínas do trigo.  Segundo Bela Gil, chef e nutricionista formada pela Hunter College de Nova York.

Informações Básicas sobre Dieta sem Glúten

A Dieta sem Glúten é muito semelhante a outras já existentes e até mais conhecidas, como a dieta dukan e dieta detox), no sentido de restrições a muitos alimentos, só que essas são focadas em concentrar os esforços para conseguir emagrecer e a Dieta sem Glúten é direcionada para evitar os sintomas da Doença Celíaca.

Essa doença é uma reação do sistema imunológico, uma vez que o intestino não “tolera” a proteína. Quando o alimento que tem glúten chega no organismo de Celíacos desencadeia uma reação de defesa e ao “atacar” a proteína afetam as vilosidades dos intestinos. E elas são responsáveis por absorver os nutrientes da comida. Uma vez inflamadas, as vilosidades não aproveitam adequadamente os nutrientes dos alimentos, gerando uma deficiência no trânsito intestinal

Segundo, o gastroenterologista Alexandre Sakano, do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim, na capital paulista, os sintomas mais comuns são diarreia, dor, distensão abdominal e inchaço.

É uma doença que não tem cura e o tratamento consiste numa Dieta sem Glúten. Sabemos que para eliminar o glúten do seu cardápio, o que você tem a fazer é se habituar a uma alimentação isenta dele completamente

alimentos sem glúten

A dieta sem glúten não pode conter os seguintes alimentos com glúten

– Malte;
– Trigo;
– Aveia;
– Farinha de trigo;
– Cevada;
– Centeio;
– Pães;
– Bolos;
– Biscoito;
– Torrada;
– Massas;
– Bolacha;
– Salsicha;
– Temperos industrializados.

Existem muitos outros alimentos que contém glúten em sua composição e que precisam ser retirados da sua dieta.

A dieta sem Glúten deve conter alimentos em seu estado natural (ou seja, livres de agrotóxicos ou industrializadas).

As frutas, além de saborosas, são ótimas para consumir nesse momento. Pode comer a vontade, inclusive aproveitando até as cascas, que são importantes fontes de proteína.
Não é diferente com os vegetais, que são excelentes fontes de nutrientes e que ajudam o organismo a sentir menos falta do glúten.
As carnes não possuem glúten e por isso podem (e devem) ser consumidas à vontade. Com exceção das processadas.

 

Confira os alimentos sem Glúten

Esses são os principais alimentos sem Glúten. Com eles você pode preparar deliciosos pratos e receitas sem glúten maravilhosas. veja quais são eles:

Cereais: arroz, milho;

Farinhas: mandioca, arroz, milho, fubá, féculas;

Gorduras: óleos, margarinas;

Frutas: todas, ao natural e sucos;

Laticínios: leite, manteiga, queijos e derivados

Hortaliças e leguminosas: folhas, cenoura, tomate, vagem, feijão, soja, grão de bico, ervilha, lentilha, cará, inhame, batata, mandioca e outros;

Carnes e ovos: aves, suínos, bovinos, caprinos, miúdos, peixes, frutos do mar

 

Dieta sem Glúten: Como Fazer, Cardápio e Receitas Simples

Dieta sem Glúten

A dieta para celíacos é muito específica, mas se elaborada de forma personalizada e acompanhada por um profissional de saúde, o nutricionista, a tendência é se acostumar.

Hoje o mercado já dispõe de muitos produtos prontos para o preparo em casa e surgiram muitas pessoas que se profissionalizaram em criar receitas sem glúten. Com isso, pratos do dia a dia com receitas simples e práticas foram adaptados para o consumo dos celíacos.

Temos cardápios para café da manhã, almoço e jantar. É só seguir a Dieta sem Glúten e levar uma Vida normal, ou seja, encontrar Qualidade de Vida!

Quer conhecer mais sobre Viver sem Glúten e sem Lactose?! Visite nosso site – http://viversemglutenesemlactose.com.br/

Crie seu negócio pela internet ele pode ser mais lucrativo do que mundo off line

negocio-pela-internet

Com o advento da internet, fazer as coisas por meio da grande rede vem se tornando cada vez mais comum.

Desde conhecer pessoas até empreender são atividades que as pessoas estão preferindo fazer no meio virtual por ser mais prático. O sonho de muitas pessoas, inclusive, é ganhar dinheiro pela internet, fato que atrai muitas pessoas para anúncios de dinheiro fácil por meio de atividades muito simples.

Estes anúncios geram desconfiança em alguns, mas muitos não ligam para o risco e procuram veementemente as empresas que os oferecem.

O fato é que, por mais que muitos destes anúncios mostrem atividades que não existem, ou que não funcionam, existem muitas outras formas de se ganhar dinheiro online e, em muitas oportunidades, geram mais lucro do que trabalhar do modo convencional: na empresa física.

Aqui, daremos algumas dicas e mostraremos quais são as modalidades de negócios com a maior probabilidade de lhe gerar grandes lucros a partir de pequenos investimentos.

No entanto, vale lembrar, que não há dinheiro fácil, sem trabalho. Assim como numa grande empresa, você precisa dedicar alguma parte do seu tempo diário para executar as ações e ganhar dinheiro.

– Freelance online:

uma das formas mais comuns para ganhar dinheiro pela internet são os freelancers. São dezenas de atividades possíveis, desde criação e edição de artigos até a divulgação de produtos em redes sociais.

É possível ganhar uma quantidade razoável de dinheiro pelos freelancers, mas isso irá depender de sua produtividade e tempo dedicado ao trabalho.

– Anúncios:

outra forma muito utilizada para se ganhar dinheiro na internet são os anúncios. Empresas como o Google oferecem ferramentas para adicionar anúncios em seu blog, sua página de rede social e até no Youtube.

Esta modalidade vem atraindo cada vez mais pessoas, já que o valor ganho mensalmente é realmente relevante.

Este sistema de anúncios é muito melhor quando você possui uma página ou blog que conte com muitos acessos por dia.

Isso acontece devido ao fato de que, quanto mais cliques houver em sua página, mais dinheiro você ganha.

– Franquias para se trabalhar em casa:

uma forma de ganhar dinheiro em casa que muita gente não conhece são as micro franquias. Franquias são modalidades de negócio em que uma empresa fornece sua marca e seu know-how à alguém que deseja abrir um negócio.

É como se fosse uma espécie de filial, mas quem executa o serviço é a empresa terceira. As micro franquias exigem investimentos mais baixos do que as franquias comuns.

Geralmente o valor não passar dos R$30.000,00, mas podem chegar até R$80.000,00. São franquias que você adquire online e o trabalho exige apenas um computador e um telefone.

Alguns casos exigem deslocamento de sua casa até o cliente, mas não é necessário que você possua um ponto físico específico. Os ganhos com franquias online ainda não são dos melhores, mas a tendência é de que esta prática se torne cada vez mais comum.

Seja como for, ganhar dinheiro trabalhando em casa já é uma realidade e facilita muito a vida das pessoas, já que permite uma maior flexibilidade na hora de realizar as tarefas pertinentes ao trabalho.

Este fato, inclusive, faz com que muitas pessoas busquem o negócio online como segunda fonte de renda, mantendo seu emprego fixo.

Se você tem afinidade com o computador e com a internet, não deixe de buscar formas de ganhar dinheiro com isso, as oportunidades e os ramos de atuação são imensos!

O discípulo e o Espírito Santo

mons-plinio-el-espiritu-santo

“Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra” (Atos dos Apóstolos 1:8)

INTRODUÇÃO

É impossível escrever sobre qualquer dos temas enfocados nestas lições, sem fazer referências, explícita ou implícita, à pessoa e aos atos do Espírito Santo.

Não obstante, se faz necessário tratar deste assunto com clareza, afim de dirimir quaisquer dúvidas que, porventura, existam por parte do novo crente, sobre a terceira pessoa da trindade.

As Escrituras dão sobejas provas da personalidade do Espírito Santo. Ele não é apenas uma influência, força ativa ou energia cósmica, conforme ensinam as pseudo-religiões; mas, sim, um como o Pai e o Filho. Ele é Deus (leia 1 João 5:6 e 7).

A NATUREZA DO ESPÍRITO SANTO

Você aprendeu que o Espírito Santo convence o homem do seu estado pecaminoso e da condenação eterna. Nesta lição, você aprenderá que o Espírito Santo é uma pessoa divina, tal como o Pai e o Filho.

Provas Bíblicas da sua divindade:

Em Gênesis 1:2, encontramos a primeira referência ao Espírito Santo, o qual participou ativamente da criação.

O Espírito Santo é da mesma essência divina que o Pai e o Filho, pois possui os mesmos atributos destes. Veja:

  1. Onipotência: – Igualmente com o Pai e o Filho, Ele possui este atributo. É Onipotente: pode todas as coisas;
  2. Onisciência: – Assim como o Pai e o Filho, o Espírito Santo tem pleno conhecimento de tudo. Seu saber é perfeito e infinito, em relação a passado, presente e futuro. Ele é eterno: não tem princípio e nem fim. Leia Salmos 139:2;
  3. Onipresença: – Você aprendeu que o Espírito Santo conhece todos os atos e pensamentos dos crentes. Ele perscruta o seu entendimento, pois está presente em todo o lugar, de modo pleno. Leia Jeremias 23:23 e 24.

Provas da sua personalidade:

 

O Espírito Santo, como já foi dito, é uma pessoa, e não uma influencia ou energia cósmica; também não é a força ativa de Deus, como ensinam alguns.

Ele possui características e personalidade. Veja os seus atributos pessoais: intelecto, vontade e sentimento (leia Romanos 8:27 e 1 Coríntios 2:10, 11 e 16), onde se observa claramente, a sua capacidade de examinar, conhecer e interceder.

Ele se entristece e, também, tem ciúme (zelo) de nós. Leia Tiago 4:5. Considere ainda, algumas atividades que atestam a personalidade do Espírito Santo:

1. Revela(2 Pedro 1:21):A Bíblia, revelação de Deus à humanidade, foi escrita por homens inspirados pelo Espírito Santo.

2. Ensina(João 14:26):– O Senhor Jesus afirmou aos discípulos que o consolador os ensinaria todas as coisas, e os faria lembrar de tudo quanto Ele (Jesus) havia dito.

3. Intercede(Romanos 8:26):– O apóstolo Paulo disse que o Espírito Santo ‘intercede por nós com gemidos inexprimíveis’.

4. Ordena(Atos 13:2):– A Igreja de Antioquia da Síria foi a primeira a enviar obreiros ao campo missionário. Porém, a ordem para isto foi dada pelo Espírito Santo.

5. Testifica de Cristo (João 15:26; 1 João 5:6 e 7):– Ele testifica de Cristo. Se não fosse uma pessoa, seu testemunho seria nulo.

6. Fala à Igreja(Apocalipse 2:7, 11, 17 e 29; 3:6, 13 e 22):– Através dos ministros da Palavra e de várias outras maneiras, Ele fala à Igreja;

7. Convidaàsalvação (Apocalipse 22:17):– Não só convence o pecador a aceitar a Cristo como Salvador, mas também, junto com a Igreja, convida todos à salvação.

NOMES E SÍMBOLOS DO ESPÍRITO SANTO

Você aprendeu que o Espírito Santo é uma pessoa e não uma influência ou força ativa de Deus, pois possui personalidade. É divino, porque a Ele são atribuídas as mesmas qualidades inerentes ao Pai e ao Filho, e também, é-lhe dado, de acordo com as diversas funções, vários nomes. Veja, então, os que são conferidos ao Espírito Santo e os seus principais símbolos.

Nomes conferidos ao Espírito Santo:

Referente à pessoa do Espírito Santo, as Escrituras Sagradas registram vários nomes, pelos quais é conhecido ou representado. Veja:

O Espírito de Deus:- Significa que Ele é executivo da divindade. Em Lucas 11:20, Jesus afirma que expulsara os demônios pelo ‘dedo de Deus’.

O Espírito de Cristo (Romanos 8:9):- Este nome, conferido à terceira pessoa da Trindade, indica que o Espírito Santo é enviado por Cristo, para o glorificar e habitar no salvo.

3. O Consolador (João 14:16 e 26; 16:7):– Perto de findar o seu ministério terreno, o Senhor sabia que, brevemente, teria de deixar os seus discípulos. Contudo, eles não ficariam sozinhos, pois enviaria o ‘outro Consolador’, a fim de ficar com eles para sempre.

O Espírito de Verdade (João 14:17; 16:13):– O Espírito do engano e do erro operam no mundo. Por isso, o Senhor enviou o Espírito de Verdade, para preservar os seus servos das ciladas de Satanás.

O Espírito da Graça:– A graça é concedida aos crentes, a fim de viverem em santidade e vencerem as fraquezas, próprias da carne (leia 2 Coríntios 12:9).

O Espírito de Vida (Romanos 8:2):– O poder do pecado e da morte não têm efeito sobre aqueles que receberam o Espírito de Vida. Neste versículo, o apóstolo Paulo afirma: ‘Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte’. Leia Romanos 8:11.

Símbolos do Espírito Santo:

Eles indicam a ação divina da terceira pessoa da Trindade, através dos vários ministérios que exerce em prol dos servos de Deus. Consideremos os principais:

Fogo:- Este símbolo fala da ação purificadora do Espírito Santo, na vida do crente.

Ao mesmo tempo que incinera a força do pecado dentro de nós, e consome tudo o que representa palha, madeira e feno; o fogo do Espírito assinala a presença de Deus na vida do crente, ao iluminá-lo e aquecê-lo.

Vento:- No encontro com Nicodemos (João 3:8), o Senhor referiu-se à ação do vento, para ilustrar a operação do Espírito Santo na obra de regeneração do pecador.

É ele quem convence a pessoa da necessidade de arrepender-se dos seus pecados e receber, pela fé, mediante a graça divina, a salvação consumada no sacrifício do Calvário, pelo Filho de Deus.

O vento simboliza a obra regeneradora do Espírito Santo.Tal como o vento, cuja presença é sentida, sem, no entanto, se poder tocar, assim é o Espírito Santo.

Percebe-se a sua real operação na vida do crente e da igreja, embora não se possa vê-lo tal como é. Seus atos independem da vontade humana, pois ele é Deus, é soberano.

 

Água:- Jesus afirmou a Nicodemos que ‘aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus’. Neste versículo, a água simboliza a Palavra de Deus, que concede vida aos que estão mortos em seus delitos e pecados.

Todavia, em João 7:37, o Senhor Jesus identifica-se como a verdadeira fonte de água viva, isto é,  da salvação consumada por ele, e conferida aos que aceitaram, pelo Espírito Santo. Ele afirmou: ‘Se alguém tem sede, venha a mim, e beba. Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre’. E João registra, ainda no versículo 39: ‘

E isto disse ele do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; porque o Espírito Santo ainda não fora dado, por ainda Jesus não ter sido glorificado’.

Selo:- Qualquer objeto que esteja selado, o identifica como propriedade exclusiva de alguém. O selo é a garantia de que o objeto não será confundido com qualquer outro, pois trata-se de uma marca pessoal, intransferível. O crente é uma propriedade do Senhor.

O selo do Espírito Santo, no ato da conversão, confere a garantia de vida eterna ao novo membro da família de Deus. O Espírito Santo é o penhor da nossa salvação (leia Efésios 1:13 e 14).

Desta forma, a Bíblia ensina que todo o crente é selado com o Espírito Santo.

Azeite:- É o mais conhecido dos símbolos atribuídos à terceira pessoa da Trindade. No Antigo Testamento, era usado para consagrar os sacerdotes e os reis de Israel.

Ser ungido com o azeite, significava estar revestido da autoridade de Deus, para determinada tarefa espiritual ou secular. A igreja primitiva, através dos presbíteros, ungia os enfermos, que saravam, após a oração da fé (leia Tiago 5:14 e 15). Ainda se faz isto, em obediência à Palavra de Deus. Os resultados são positivos.

Pomba:- Esta ave simboliza brandura, inocência, doçura, pureza, amabilidade e paz. Por ocasião do batismo de Jesus, no rio Jordão, João Batista viu o Espírito Santo descer do Céu, em forma corpórea de uma pomba, e pousar sobre o Filho de Deus, para indicar que aquele era o Messias.

Isto não significa que a terceira pessoa da Trindade tenha esta aparência, pois, como espírito, não possui forma que se possa definir.

III. A OBRA DO ESPÍRITO SANTO

No Pecador: – O Espírito regenera a natureza pecaminosa do homem, convence-o dos seus delitos e pecados, leva-o ao arrependimento, à confissão e ao abandono dos mesmos, pela fé no sacrifício do Filho de Deus.

Deste modo, regenerado pelo Espírito, o pecador experimenta o novo nascimento, e torna-se uma nova criatura. Leia 2 Coríntios 5:17.

No Crente: – A obra do Espírito Santo é

– Consolar (leia João 14:16 e 17);

– Conduzir, guiar em toda a verdade (leia João 16:13);

– Ensinar todos as coisas e lembrar o que o Senhor ensinou (leia João 14:26);

– Conceder poder para testemunhar de Cristo (leia Atos 1:8);

– Interceder pelos crentes em suas orações (leia Romanos 8:26);

– Santificar: esta é a principal tarefa do Espírito santo nos crentes, pois sem santificação, ‘ninguém verá o Senhor’ (Hebreus 12:14). Este processo é uma operação dinâmica e progressiva. Começa na conversão e aperfeiçoa-se gradativamente até a volta de Jesus. Leia 2 Coríntios 7:1 e Filipenses 1:6.

Na Igreja: – Considere as seguintes áreas , nas quais o espírito Santo administra a Igreja:

– Na obra de missões:- A começar pela igreja em Antioquia da Síria até os dias atuais, é o Espírito Santo quem separa e ordena os obreiros e os envia ao campo missionário.

– No ministério da pregação:- Sem a unção do Espírito, nenhum pregador, por melhor que seja, logrará êxito em sua pregação, pois sua mensagem é insípida, vazia e sem poder.

Só há salvação de almas, quando o Espírito unge a mensagem e o pregador, como aconteceu com Pedro, no Pentecoste. Sob a convicção de que haviam pecado, por rejeitarem o Mestre, o Salvador da humanidade, os judeus, compungidos em seus corações, arrependeram-se e foram salvos. Leia Atos 2:37 e 41.

– Oração:- O Espírito intercede pelos crentes nas orações (leia Romanos 8.26). Ao escrever aos crentes em Éfeso, Paulo concita-os a orar ‘em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito’ (Efésios 6:18). Leia Judas, versículo 20.

A sobrevivência da Igreja só é possível sob a direção do Espírito Santo. Ele é o legítimo vigário (substituto) do Filho de Deus na terra. Ninguém mais!

 

Administração de Empresas

administracao-de-empresas

Empresas e todo o contexto em que estão inseridas – desde a sua estrutura até o desenvolvimento e resultados.

Uma ou mais empresas não existiriam se tivessem apenas a estrutura ou espaço físico – e, mesmo se fosse uma empresa virtual, só ter o esqueleto nas telas do computador não basta. Há pessoas e fatores envolvidos para uma empresa fluir.

As empresas abrem, ganham espaço, conquistam o reconhecimento, se desenvolvem, alcançam novos patamares, viram referência e, muitas vezes, fecham por não conseguirem se manter ou por qualquer outro motivo.

Afinal, empresa requer administração, e não são todas as pessoas que se enquadram neste perfil.

Assim, todo mundo deveria estudar e se inteirar sobre o ato de administrar, seja para aplicar na vida pessoal, ou na profissional. Administrar requer tomar decisões, trabalhar com pessoas e, por meio delas, ter capacidade de gerenciar uma organização – independentemente do porte e segmento, aplicando recursos disponíveis da melhor maneira possível.

Afinal, quase tudo na vida humana envolve a missão de saber administrar: conduzir finanças, custos, gastos, conflitos, relacionamentos interpessoais.

Para isso, existem milhares de cursos direcionados para este papel, e sem precisar enfrentar longos períodos em salas de aula.

Porém, como apenas um curso não é suficiente, a solução está mais perto do que se imagina.

Com o Curso Online de Administração de Empresas é possível adquirir conhecimentos em apenas 80 horas de dedicação, por R$ 60, podendo parcelar em até três vezes sem juros, e sem mensalidade.

Cada etapa um avanço rumo à modernidade

O curso conta com vídeos aulas, apostilas, professor e certificado de conclusão entregue em casa. Os conteúdos se resumem com uma abordagem inicial, envolvendo história, conceitos e teorias. Incluem fases de Gestão Operacional, Gestão de Pessoas e Gestão de Marketing.

É possível aprender e assimilar todo o conteúdo com exemplos e exercícios para integrar a teoria à prática e à realidade do mundo corporativo globalizado, tornando-se um verdadeiro administrador do século XXI, que se difere bastante dos administradores da moda antiga e das empresas familiares.

Cada módulo é composto por subitens específicos, somando-se quase 30 assuntos para ajudar e interferir nos processos administrativos. Talentos, equipes, competências, atribuições, perfil de liderança, gerência ou empreendedorismo, organização, eficiência e desempenho, entre inúmeros outros apontamentos que influenciam diretamente no ato de administrar.

Quem acha que administrar é simples está redondamente enganado – caso contrário, nem existiriam faculdades, especializações como graduações, mestrados e doutorados.

É um tema complexo e que dá margem para múltiplas interpretações e aplicações.

Oportunidade para a vida

Assim, para fechar 2013 e entrar em 2014 com ferramentas essenciais para o mercado de trabalho competitivo, está na hora de aproveitar o Curso Online de Administração de Empresas, com preço único e promocional.

Não é pegadinha, e já está disponível para aquisição no site Cursos 24 Horas.

Para quem acha ou deduz que administrar é apenas executar e mandar, obedecendo a hierarquias e funções, primeiro recomenda-se fazer o teste na própria página do curso antes de julgar. A demonstração é totalmente gratuita e serve como um direcionamento da sua gestão administrativa. Surpreender também é administrar.

Novidades sobre Empreendedorismo, Negócios e Tecnologia